• Origem da Raça

A raça que atualmente é conhecida como Boxer teve origem no século 19 quando caçadores alemães começaram a cruzar cães do tipo Mastiff, os Bullenbeissers, com cães molossos e cães terriers. Esses caçadores procuravam desenvolver um animal para caça que fosse rápido, resistente e forte. Foi ai que com esses cruzamentos, os caçadores chegaram á dois tipos de cães o Danzinger Bullenbeisser, de porte grande, e o Brabenter Bullenbeisser com o porte médio. Este último deu origem à raça Boxer e também a uma vertente da raça Buldogue inglês.Existem alguns pesquisadores que afirmam que o Schnauzer Gigante e o Bull Terrier também foram utilizados em cruzamentos para a obtenção do cão Boxer.

Algumas características do buldogue são muito presentes no boxer como, por exemplo, o focinho recuado para respirar melhor ao agarrar a presa, o maxilar inferior mais robusto e mais saliente do que o superior, e dentre muitas outras. Esses dogs eram conhecidos como “agarra touros” ou “mordedor de touros” justamente por possuir uma mandíbula muito forte e resistente.

A raça foi reconhecida oficialmente em julho de 1902, mas ainda teve o seu padrão alterado inúmeras vezes. Nos dias atuais o cão está sendo muito estudado porque é muito propenso a possuir tumores além de ter sensibilidade extrema a alguns tipos de medicamentos veterinários.

  • Características da Raça

O tipo de temperamento e comportamento da raça boxer é bem peculiar. Esse animal, segundo a FCI, deve ter instinto de proteção e também desconfiança com indivíduos estranhos. Ele é muito cauteloso e atento quando algo incomum acontece. No entanto, é um cachorro apegado aos membros da família, feliz e carinhoso. Mas quando se trata de visitantes, deve sempre se tomar muito cuidado, porque mesmo que seja uma pessoa muito próxima, o boxer sempre irá fazer uma análise, e se ele identificar algo que possa colocar ele ou sua família em risco, o mesmo irá atacar. Mesmo que aparentemente alguma pessoa estranha tenha se tornado amiga do boxer, esta não está isenta de ser reavaliada pelo animal.

A raça possui uma aparência robusta e forte. Cabeça erguida, peito estufado e postura sempre alerta. Não é atoa que o boxer foi considerado aparentemente uma das raças mais intimidadoras que existem. E segundo pesquisadores, a aparência de um cão conta em quase 80 por cento na hora de realizar uma função de guarda. O físico desse animal impõe respeito a qualquer pessoa.

  • Padrão físico e temperamental do Bicho

É muito conhecido por sua característica de fidelidade ao dono, e por demonstrar confiança, equilíbrio, segurança, coragem e ao mesmo tempo alegria. Não é um cachorro falso, apesar de às vezes agressivo com estranhos. Sua personalidade é forte e bem perceptível.

Origem Alemanha
Grupo Grupo 2 – Cães de Guarda e de Trabalho
Peso Médio Macho – 27-32 kg; fêmeas – 25-28 kg
Tamanho
Machos: 58/64  cm; Fêmeas: 54/60 cm.
Cor Marrom, fuivo ou tigrado
Pelagem Pelo curto, espesso e duro
Ranking de inteligência 48° posição
Expectativa de vida 10 a 12 anos
Preço Médio R$ 1.500 até R$ 4.000
  • Cuidados com um Boxer

Os cuidados caninos são sempre essenciais para uma boa convivência do animal com a família. É fundamental que em fase jovem, o pet seja ensinado com firmeza e com muito amor. No caso do boxer, é necessário um dono que seja confiante, forte e firme em seus comandos. A casa, para o cão, funciona como uma matilha, e por isso o mesmo sempre irá identificar quem é o líder. Se o cão não encontrar alguém mais forte que ele, pensará que é o líder da casa. Com isso virá dificuldades comportamentais como disputa de território, teste de confiança com os donos, e outras coisas até piores. Sendo assim, é importante que os donos já tenham um pouco de experiência com cães e saibam educar um animal de forte temperamento.

Além disso, existem alguns outros cuidados muito importantes a se ter com um boxer como cuidado com a pele, pelo, ouvidos, olhos, banho e tosa, corte das unhas, adestramento, educação de casa e dentre outros. Por isso nós indicamos um material muito bom que irá lhe auxiliar em todos os aspectos dos cuidados com o boxer, clique na imagem ao lado e confira.

Conhecendo mais sobre o Boxer