• Origem da raça

Última Atualização: 18/07/2017

Sempre focado

O cão da raça West Highland White Terrier é também conhecido com Westie e teve a sua origem na Escócia. Esse animal faz parte do grupo 3 ou grupo dos Terriers. Os cães desse grupo possuem como principal característica a caça de animais terrestres e de toca. Sendo assim, foi muito utilizado para auxilio na caça de texugos e raposas. A sua cor clara e branca fez com que fosse preferido para desempenho dessas tarefas, pela facilidade de localização e reconhecimento.

Segundo historiadores, em meados do século XIX um homem chamado Malcolm que era coronel na região de Poltalloch ficou encantado com a raça, fazendo cruzamentos a fim de alcançar a sua total qualidade. Em função disso, o cão ganhou fama e ficou conhecido por muito tempo como Poltalloch. Outros criadores também começaram a cruzar cães desse tipo, logo, essa raça foi conhecida por muitos nomes: Cairn, Escocês Branco, Roseneath e até pequeno Skye.

 Na época, esse animal foi desenvolvido para a função de caça de pequenas presas, mas nos dias de hoje serve principalmente, como cão de companhia. Os Westies ganharam admiradores no mundo todo por possuírem características muito atraentes.

  • Características do Animal
Feliz da vida

Essa raça pertence ao grupo dos Terriers, ou seja, cães de caça a animais Terrestres. Por esse motivo, o West é agitado e curioso. Algumas linhagens desenvolvem a característica de latir e cavar buracos. No entanto, é um cão bem dócil e alegre e que gosta de crianças. O westie pode não se sentir muito bem com a presença de outros animais pequenos.

Esse cão possui o espírito aventureiro e por isso adora correr ao ar livre e ter uma rotina diária de passeios. Deixa-lo dentro de um apartamento trancado poderá influenciar o seu normal comportamento. É um cão atento e defensor de seu território. Percebe ruídos com muita facilidade e late quando ouve algo que lhe pareça estranho.

  • Padrão Físico e Temperamental

O West possui membros posteriores fortes, bem musculosos e desenvolvidos. É um cão de porte pequeno. Possui a personalidade de cão ativo, alegre, corajoso, independente, mas ao mesmo tempo afetuoso. A raça possui amor-próprio e vivacidade.

Origem Grã-Bretanha
Grupo Grupo 3 – Cães Terriers
Peso 8kg
Tamanho 28 cm
Cor Branca
Pelagem Pelagem dupla com subpelo curto e macio
Ranking de inteligência 47ª posição
Expectativa de vida 12 anos
Preço Médio R$ 1200 até R$ 3000
  • Cuidados gerais, educação e adestramento

Por ser um cachorro agitadinho, o West não suporta ficar trancado e sozinho. Por isso é fundamental que seu dono crie uma rotina de passeios diários, acumulando pelo menos, 40 minutos de exercícios por dia. Ele é um cão de personalidade forte e por isso é pouco recomendado para criadores inexperientes. No entanto, se for bem educado na infância  não apresentará problemas comportamentais. Ao contrário, encontrará um cão amigo e companheiro, fiel e obediente.

A sua pelagem é branca e lisa e por isso necessita de manutenção diária. Se não cuidado, o West terá o pelo sem brilho. O pelo do Westie não tende a embaraçar e nem acumular nós, mas é sempre bom manter uma escovação semanal bem feita. Para saber tudo sobre os cuidados com a pele, o pelo, ouvidos e saber como adestrar e ensinar um cão da Raça Westie, veja o link da apostila ao lado. Esse material te ensinará tudo para que você tenha um cão West com saúde e bem estar.

  • Conhecendo as Possíveis vantagens da Raça

Atento e focado – Esse não é um animal bobo e desatento, é concentrado e esperto.

Possui o pelo fácil de cuidar – Seu pelo é bem grosso, não costuma embaraçar e nem formar nós.

Carinhoso e amigável com pessoas – Quando bem educado na juventude, o Westie é bem socializável.

  • Conhecendo as Possíveis desvantagens da Raça

Demasiadamente agitado – Esses cães podem até viver em apartamentos, mas precisam de dedicação diária quanto a sua vida de exercícios.

Não gosta de muito do convívio com outras espécies de animais – O West, por ser criado para caça, é um animal que não convive bem com Ramisters, gatos, porquinhos da índia, ou outros animais terrestres de pequeno porte.

Não são cães muito utilizados para treinamento avançados – Sua descendência do grupo terrier traz junto consigo uma característica de ser muito teimoso. Por esse e alguns outros motivos, não é indicado para trabalhar com grandes níveis de adestramento.

Conhecendo mais sobre o Westie